O Tarot e as origens

Muito se tem discutido sobre a origem das cartas de Tarot onde alguns estudiosos afirmam ter origem egípcia, indiana ou chinesa; no entanto, os mais antigos documentos e cartas de Tarot (aquelas que lembram os baralhos ciganos) de que se tem notícia, são de origem italiana, francesa e espanhola - todas datando entre o século XV e o século XVI. Como por exemplo, o Tarot de Visconti Sforza criado em Milão (Itália) por volta de 1450, ou ainda, o Tarot de Jacques Vieville datado de 1623, Paris (França). Há controvérsias sobre o seu uso original; pois alguns escritores afirmam que ele foi criado para servir de divertimento aos nobres (existe um jogo italiano com o baralho completo de Tarot que se chama Tarocchi) e outros enfatizam que continha segredos mágicos ocultos.

No entanto, é inegável que por muitos séculos tanto o aspecto lúdico quanto o adivinhatório foi desenvolvido simultaneamente. Pode-se afirmar que somente a partir do século XVIII com os primeiros estudos efectuados é que o Tarot se fortaleceu como uma arte totalmente mística e esotérica até os nossos dias.

Nenhum comentário: